Código GTIN nos arquivos XML da nota fiscal eletrônica

Diante da situação que não geração do código GTIN nos arquivos XML da nota fiscal eletrônica, a Radinfo orienta seus clientes a realizar uma varredura em todos os produtos que possuem códigos de barra e que estão passíveis do GTIN.

Segundo o analista de sistema, Quelps Ramalho Moura, no cadastramento do produto no sistema, é preciso inserir o número do código de barras no campo GTIN para que a geração aconteça no arquivo XML. “O que tem acontecido com muita frequência é que alguns clientes estão inserindo o código do fornecedor no campo e aí o sistema não reconhece quando a nota fiscal é emitida”. Importante lembrar que o GTIN é uma exigência federal.