Câmara aprova MP que prevê incentivos fiscais a empresas de transporte

A Câmara dos Deputados aprovou hoje (28) a Medida Provisória (MP) 578, que permite a depreciação (perda de valor de bens físicos) acelerada dos veículos para transporte de mercadorias e dos vagões e locomotivas novos adquiridos entre 1º de setembro e 31 de dezembro deste ano às pessoas jurídicas tributadas com base no lucro real. A medida beneficia empresas de transporte permitindo que elas paguem menos impostos.

A MP sofreu várias modificações na comissão mista que analisou a matéria. Foram incorporados ao texto pontos, muitos dos quais sem relação com o assunto original da medida provisória, como o parcelamento das dívidas de estados e municípios com o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), a reabertura do prazo para as empresas e pessoas físicas aderirem ao Programa de Recuperação Fiscal (Refis) até 28 de fevereiro de 2013.

Havia um item na MP sobre a criação de 8,2 mil cargos em vários órgãos do Poder Executivo que foi retirado no final da votação por pressão da oposição e em seguida foi aprovada a urgência para os projetos do Executivo que propõem a criação dos cargos.

De acordo com o líder do governo, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), os cargos serão criados em órgãos como Policia Rodoviária Federal,  Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

A medida provisória segue agora para análise do Senado. Caso sofra modificações, ela terá que passar por nova votação na Câmara dos Deputados antes de ser encaminhada à sanção presidencial.

Edição: Fábio Massalli// Matéria atualizada às 21h26 para informar mudança realizada no final da votação da Câmara no texto da Medida Provisória 578. O item que criava 8,2 mil cargos no Executivo foi retirado da MP após pressão da oposição e aprovada a urgência nos projetos que propõem a criação dos cargos.

via Atualizada – Câmara aprova MP que prevê incentivos fiscais a empresas de transporte | Agência Brasil.